institucional

institucional (14)

Portal de Fotos

Mai 13, 2013 Written by osman

Vídeos

Mai 14, 2013 Written by osman

III Fórum de Responsabilidade Social CAS IPB

 

IMAGEM PLANTANDO SEMENTE DA SOLIDARIEDADE - SÉRGIO LIRA

 

Bispo Robinson Cavalcanti - forum Campinas 2011


Nova Jerusalém - Fotos

 

 

Nova Jerusalém - como contribuir

 

 

Nova Jesrusalém - Institucional

 

Localização

Mai 12, 2013 Written by osman

"Clique aqui! Colégio Presbiteriano Quinze de Novembro Praça Souto Filho, 686 - Heliópolis - Garanhuns - PE CEP 55295-400 - Fone/Fax (0xx87) 37611997"
Ver mapa maior

Downloads

Mai 12, 2013 Written by osman

APRESENTACAO CAPELANIA - Debora

Desafio Social - Presb.Dr. Solano Portela

FÓRUM DE RESPONSABILIDADE SOCIAL - CAS IPB - ASPECTOS JURiDICOS SOBRE FILANTROPIA

Geracao de Renda

O risco da Irrelevancia

Formulário Doe Sangue

Novembro 08, 2016 Written by osman

{chronoforms}FormularioDoeSangue{/chronoforms}

Fale Conosco

Novembro 06, 2014 Written by osman

{chronoforms}FaleConosco{/chronoforms}

Eventos

Mai 14, 2013 Written by osman

Escolha a opção :

 

VÍDEOS

 

PORTAL DE FOTOS

 

 

Instituição

Mai 12, 2013 Written by osman


CONHEÇA O CAS

Vivemos em um contexto social crítico. Catástrofes, instabilidade econômica e social, aumento da pobreza, desemprego, violências, explorações e exclusões. Todas essas questões afetam a nós, como indivíduos, e também como sociedade. Para auxiliar nesse processo existe o CAS, responsável por cadastrar as instituições de Ação Social, que sejam propriedades da IPB, de um Sínodo, Presbitério ou da Igreja local, ou por eles dirigidos.

imginstitucabe
Agir é preciso!

O mundo e o Brasil, de modo geral, e a Igreja, de modo particular, nos últimos anos vêm enfrentando desafios e questões sociais de toda ordem, principalmente diante de uma crescente pauperização, com indicadores verdadeiramente alarmantes, diante da famigerada “globalização”. Esta que revelou ao mundo a atual crise econômica, que exportou para os países subdesenvolvidos e em desenvolvimento a “novidade” das enormes e impagáveis dívidas externas, que, por um lado, contribuem para reduzir os déficits das “potências imperiais”, por outro, comprimem a expansão econômica dos países “pobres” e dificultam o crescimento de políticas sociais adequadas às necessidades dos setores populares. É óbvio que a pobreza cresceu e está crescendo em nosso país (mais de 50 milhões de brasileiros “vivem” praticamente na miséria total), bem como, que entre as necessidades sociais e os recursos destinados a atendê-las existe um enorme abismo, o qual tende a alargar-se progressivamente.

É no contexto destas dificuldades e flagelos (destruição do meio ambiente, explosão populacional, narcotráfico, proliferação de doenças, instabilidade dos mercados financeiros, aumento da pobreza, desemprego, violências, explorações e exclusões), dos desafios, das profundas e rápidas transformações que afetam, indistintamente, toda a sociedade brasileira, que se encontra o membro da Igreja Presbiteriana do Brasil, sendo chamado e desafiado ao cumprimento integral da Grande Comissão de Jesus Cristo. Trata-se da necessidade urgente de uma tomada de consciência, de verdadeiramente querer ser “Sal e Luz” nestas terras convulsionadas pelas flagrantes injustiças sociais.

A despeito das dificuldades e ainda muito aquém das nossas potencialidades, a IPB tem experimentado um salutar despertamento em direção ao cumprimento de sua responsabilidade social. Já são mais de 500 entidades operantes e eficientes; mais de 1000 projetos nas áreas de: Combate à pobreza; Políticas Sociais — Direitos humanos e Ambientalismo; Gestão social — Planejamento; Capacitação; Assessoria; Recursos Humanos e “Fund-Raising“. Inúmeros programas nas áreas de Atenção à Educação e Saúde; Complementação de Renda; Geração de Empregos; Erradicação do trabalho Infantil, etc. Obras e Ações em todos os Estados do Brasil. Mais de 300 leitos hospitalares, com média de 4.400 atendimentos por mês; mais de 210 escolas ensinando com eficiência e qualidade; cerca de 115.000 alunos da pré-escola à pós-graduação; inúmeras classes de alfabetização de jovens e adultos; e, campanhas emergenciais, mutirões e clínicas de curta duração.

Contudo, diante da gravidade da crise e da urgência de enfrentar os seus efeitos e causas, o despertamento total da Igreja, em especial, os Concílios da Igreja, torna-se condição indispensável para o cumprimento integral da missão da Igreja. Se a Igreja Presbiteriana do Brasil perder a capacidade de indignar-se e de reagir diante dos problemas e das injustiças que afetam os setores vulnerabilizados, certamente, estará mais perto da esterilidade e da alienação do que do cumprimento integral de sua sublime missão.

Igreja Presbiteriana do Brasil, agir é preciso! É tempo de fazer com amor para fazer diferença. 


Competências Regimentais:
O Artigo 2º do Regimento Interno diz que compete ao CAS - IPB:

·         Cadastrar todas as instituições de Ação Social, que sejam propriedades da Igreja Presbiteriana do Brasil, de um Presbitério, Sínodo ou da Igreja local, ou por eles dirigidos.

·         Promover encontros periódicos dos diretores destas instituições ou de seus representantes para: intercâmbio de experiências, inspiração recíproca, debate de problemas afins e sugestões de respostas.

·         Promover meios e modos de ampliar estes serviços, estendendo-os especialmente às regiões mais carentes.

·         Coordenar a assistência emergencial da Igreja Presbiteriana do Brasil a irmãos atingidos por catástrofes regionais.

·         Assessorar os Presbitérios na prestação de assistência aos pastores jubilados e às viúvas de pastores carentes.

·         Diligenciar junto às Igrejas locais, Presbitérios e Sínodos para que os espaços ociosos dos templos presbiterianos sejam ocupados com projetos sociais.

·         Elaborar projetos sociais, que possam ser executados por Igrejas locais, Presbitérios e Sínodos, e criar mecanismos de divulgação e incentivo à execução dos mesmos.

·         Supervisionar as instituições de Ação Social, às quais a IPB vota recursos.

·         Assessorar Igrejas, Presbitérios e Sínodos, na elaboração de seus projetos de Ação Social.

·         Assessorar Igrejas, Presbitérios e Sínodos, na obtenção de recursos e parcerias com os governos Municipal, Estadual e Federal.

PROPOSTAS PARA 2018/22

  • Continuaremos focando nossas atividades, nas cinco áreas que julgamos de extrema importância, a saber:

- Assessoria/Supervisão;
- Fomento, Parcerias e Promoções;
- Recadastramento das Entidades Presbiterianas;
- Alfabetização e Evangelização de Jovens e Adultos;
- Pastores jubilados e viúvas de Pastores.

1. Assessoria às Entidades Presbiterianas de Ação Social;
2. Realização de Encontros Regionais de Diáconos, visando a conscientização e o aperfeiçoamento de suas responsabilidades;
3. Realização de Congressos e Seminários sobre Responsabilidade Social, a busca de parcerias para a implementação dos projetos e as representações devidas;
4. Priorização do Cadastramento e Recadastramento das Entidades Presbiterianas de Ação Social, visando a criação de uma 'Rede de Entidades Sociais Presbiterianas';
5. Apoio total ao projeto “Alfabetização que Transforma: Construindo Cidadania através da Alfabetização e Integração Social”;
6. Cadastramento de Pastores Jubilados;
7. Estabelecimento de metas para construção de cisternas e se possível Poços Artesianos, projeto este em parceria com a Diaconia Evangélica.
8. Orientação e estímulo aos Presbitérios para que entrem em contato com o CAS quando houver necessidades.

 Clique aqui e conheça a Diretoria do CAS-IPB 2022/26